Exibir imagens

Anotação:

Esta funcionalidade é atualmente suportada apenas no Map Viewer Classic. Ele estará disponível em uma versão futura do Map Viewer.

Com a utilização do Map Viewer Classic,, você pode modificar a exibição de suas imagens em seus mapas da web. Como o autor de um mapa, você decide como a imagem no mapa é apresentada. Você pode modificar as configurações de exibição para camadas de imagem de mapa, ArcGIS Server serviços de imagem e camadas de imagens hospedadas.

Quando você adiciona uma camada de imagens a um mapa, o mapa inicialmente usa as configurações de exibição padrão da camada de imagens. Para alterar as configurações de exibição, você pode modificar a exibição da imagem, a ordem de exibição da imagem ou a qualidade da imagem.

Exibição da imagem

As opções para exibir camadas de imagens dependem do tipo de raster ou de dados de imagem contidos na camada e a origem da camada. Diferentes opções de exibição são chamadas de renderizadores. Por exemplo, o renderizador Contraste usa o histograma de valores de pixel em um raster de banda única para aprimorar a exibição de dados contínuos. Como alternativa, o renderizador Classificar permite agrupar intervalos de valores de pixel em classes e atribuir cores às classes individuais.

Os serviços de imagem do ArcGIS Enterprise às vezes são publicados com modelos de processamento, que aparecem como renderizadores predefinidos no mapa. Nesses casos, você pode selecionar um dos renderizadores predefinidos ou pode escolher o Renderizador Definido pelo Usuário nas opções de exibição de imagem para fornecer suas próprias configurações para exibição.

Ao modificar as configurações de exibição, as opções de renderização e simbologia disponíveis para você no mapa dependem dos dados de entrada.

Composição RGB

Renderizar dados de imagem usando o composto de cores vermelho, verde e azul (RGB) permite que você use informações de várias bandas em suas imagens multibanda para destacar feições específicas nas imagens. Por exemplo, você pode usar uma composição de cores naturais em que os canais vermelho, verde e azul são preenchidos com as bandas de sensores vermelha, verde e azul para renderizar a imagem como você a veria naturalmente. Você também pode usar outras combinações para destacar a vegetação verde, água ou áreas urbanas.

Para modificar a exibição da imagem usando a simbologia RGB composto, conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. Vá até a camada de imagens para a qual deseja ajustar a exibição e clique em Mais Opções Mais Opções, e clique em Exibição de Imagem.
  4. Se a camada de imagens for um serviço de imagem com modelos predefinidos, selecione Renderizador Definido pelo Usuário a partir do menu suspenso Renderizador.
  5. Em RGB composto, selecione as bandas que deseja exibir nos canais vermelho, verde e azul, respectivamente.
  6. Opcionalmente, faça o seguinte:
    • Selecione um tipo de contraste a partir do menu suspenso Tipo de Contraste.
    • Marque a caixa de Ajuste de faixa dinâmica para executar a operação de contraste selecionada enquanto limita a faixa de valores ao que está atualmente na janela de exibição. Esta opção é sempre ativada se a camada de imagem não tiver uma estatística global.
    • Marque a caixa de Ajuste de faixa dinâmica para executar a operação de contraste selecionada enquanto limita a faixa de valores ao que está atualmente na janela de exibição.

    Os aprimoramentos de contraste disponíveis determinam a faixa de valores que são exibidos.

  7. Clique em Aplicar para aplicar a opções de exibição de imagem para a camada, clique em Redefinir para retornar às opções de exibição padrão ou clique em Fechar para fechar a guia Exibir Imagem sem salvar suas escolhas.

Contraste

Aplicar um contraste aos dados contínuos permite que você aplique várias rampas de cores e aprimore o contraste em sua camada de imagens. O contraste é útil quando você deseja tornar mais óbvios determinadas feições em um conjunto de dados contínuo. Por exemplo, você pode aplicar um trecho para mostrar claramente áreas de alta elevação em comparação com baixa elevação em um modelo de elevação digital (DEM).

Para modificar a exibição da imagem usando a simbologia Contraste, conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. Vá até a camada de imagens para a qual deseja ajustar a exibição e clique em Mais Opções Mais Opções, e clique em Exibição de Imagem.
  4. Faça um dos seguintes:
    • Selecione a opção Contraste no menu suspenso Renderizador.
    • Se a camada de imagens for um serviço de imagem com modelos predefinidos, selecione Renderizador Definido pelo Usuário a partir do menu suspenso Renderizador e selecione Contraste a partir do menu suspenso Tipo de Simbologia.
  5. Selecione um tipo de contraste a partir do menu suspenso Tipo de Contraste.

    As seguintes opções estão disponíveis:

    • Nenhum—Nenhuma melhoria de imagem adicional será executada.
    • Mínimo e Máximo—Exibe o intervalo de valores inteiro na sua imagem. Edite os valores na tabela de estatísticas para fazer alterações adicionais conforme necessário. Estes estão disponíveis somente quando a caixa de seleção Ajuste de intervalo dinâmico é apagada.
    • Desvio Padrão—Exibe os valores entre um número específico de desvios padrão.
    • Porcentagem de Recorte—Defina um intervalo de valores a serem exibidos e exclua os valores de pixel mais altos e mais baixos do contraste. Utilize as duas caixas de texto para editar as porcentagens superiores e inferiores.
  6. Opcionalmente, se Tipo de Contraste for definido como uma opção diferente de Nenhum, faça um ou ambos dos procedimentos a seguir:
    • Marque a caixa de Ajuste de faixa dinâmica para executar a operação de contraste selecionada enquanto limita a faixa de valores ao que está atualmente na janela de exibição. Esta opção é sempre ativada se a camada de imagem não tiver uma estatística global.
    • Marque a caixa de Ajuste de faixa dinâmica para executar a operação de contraste selecionada enquanto limita a faixa de valores ao que está atualmente na janela de exibição.
  7. Opcionalmente, se sua camada de imagem for uma imagem de banda única ou raster, selecione uma rampa de cores no menu suspenso Rampa de Cores.
  8. Clique em Aplicar para aplicar a opções de exibição de imagem para a camada, clique em Redefinir para retornar às opções de exibição padrão ou clique em Fechar para fechar a guia Exibir Imagem sem salvar suas escolhas.

Valores únicos

Renderizar suas imagens usando valores únicos é útil para exibir dados temáticos ou categóricos. Esta opção de exibição é compatível com camadas de imagens de banda única publicadas com uma tabela de atributos raster. Você pode basear a renderização de valores exclusivos em um ou mais campos de atributos no conjunto de dados. Se a tabela de atributos raster tiver valores de vermelho, verde e azul especificados nos respectivos campos, o conjunto de dados será exibido usando essas cores por padrão. Este tipo de exibição é frequentemente usado com dados temáticos, como cobertura do solo ou zonas de risco.

Para modificar a exibição da imagem usando a simbologia de Valores Únicos, conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. Vá até a camada de imagens para a qual deseja ajustar a exibição e clique em Mais Opções Mais Opções, e clique em Exibição de Imagem.
  4. Faça um dos seguintes:
    • Selecione a opção Valores Únicos no menu suspenso Renderizador.
    • Se a camada de imagens for um serviço de imagem com modelos predefinidos, selecione Renderizador Definido pelo Usuário a partir do menu suspenso Renderizador e selecione Valores Únicos a partir do menu suspenso Tipo de Simbologia.
  5. Selecione o campo que deseja mapear no menu suspenso Campo.
  6. Selecione uma rampa de cores no menu suspenso Rampa de Cores.
  7. Opcionalmente, edite o texto na coluna Rótulo e as cores na coluna Símbolo.
  8. Clique em Aplicar para aplicar a opções de exibição de imagem para a camada, clique em Redefinir para retornar às opções de exibição padrão ou clique em Fechar para fechar a guia Exibir Imagem sem salvar suas escolhas.

Classificar

A opção Classificar permite agrupar valores de pixel ou célula em um número especificado de classes e exibir cada classe com uma determinada cor. Esta opção é compatível com camadas de imagens de banda única. Por exemplo, você pode classificar um raster de temperatura em regiões de temperaturas baixas, moderadas e altas e, em seguida, adicionar cores para distinguir as classes. Se a camada de imagens contiver dados contínuos e um histograma não tiver sido calculado, ele será calculado quando o renderizador de classificação for selecionado.

Para modificar a exibição da imagem usando a simbologia Classificar, conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. Vá até a camada de imagens para a qual deseja ajustar a exibição e clique em Mais Opções Mais Opções, e clique em Exibição de Imagem.
  4. Faça um dos seguintes:
    • Selecione a opção Classificar no menu suspenso Renderizador.
    • Se a camada de imagens for um serviço de imagem com modelos predefinidos, selecione Renderizador Definido pelo Usuário a partir do menu suspenso Renderizador e selecione Classificar a partir do menu suspenso Tipo de Simbologia.
  5. Selecione o campo a ser usado para classificar os pixels no menu suspenso Campo.

    O campo de valor de pixel, Value, é o campo padrão.

  6. Selecione o método de classificação a ser usado para classificar pixels no menu suspenso Método.

    As seguintes opções estão disponíveis:

    • Quebras Naturais—As quebras de classe são determinadas por meio de estatística localizando pares de feição adjacentes entre os quais há uma diferença relativamente grande em valores de dados.
    • Intervalo Idêntico—A faixa de valores de célula é dividida em classes de tamanhos igualmente dimensionados onde você especifica o número de classes.
    • Quantil—Cada classe contém um número igual de células.
    • Intervalo Definido—Especifica um intervalo para dividir a faixa de valores da célula e o número de classes será calculado automaticamente.
    • Intervalo Manual—Crie as quebras de classe manualmente digitando os intervalos de valores de pixel na tabela de classes.
  7. Especifique o número de grupos de valores de pixel, ou classes, para criar na caixa de texto Classes.
  8. Selecione uma rampa de cores no menu suspenso Rampa de Cores.
  9. Opcionalmente, edite o texto na coluna Rótulo e as cores na coluna Símbolo.

    Se você editar os valores de pixel na tabela de classes, a seleção de Método muda automaticamente para Intervalo manual, pois agora você está especificando os intervalos de valores de pixel manualmente.

  10. Clique em Aplicar para aplicar a opções de exibição de imagem para a camada, clique em Redefinir para retornar às opções de exibição padrão ou clique em Fechar para fechar a guia Exibir Imagem sem salvar suas escolhas.

Relevo sombreado

O relevo sombreado é compatível com camadas de imagens contendo dados de elevação. Esta opção gera uma representação do terreno aplicando rampas de cores integradas na relevo sombreado do terreno, o que é útil para destacar o terreno em alteração. Por exemplo, você pode aplicar um relevo sombreado para mostrar claramente áreas de alta elevação em comparação com baixa elevação em um modelo de elevação digital (DEM).

Para modificar a exibição da imagem usando a simbologia Relevo sombreado, conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. Vá até a camada de imagens para a qual deseja ajustar a exibição e clique em Mais Opções Mais Opções, e clique em Exibição de Imagem.
  4. Faça um dos seguintes:
    • Selecione a opção Relevo sombreado no menu suspenso Renderizador.
    • Se a camada de imagens for um serviço de imagem com modelos predefinidos, selecione Renderizador Definido pelo Usuário a partir do menu suspenso Renderizador e selecione Relevo Sombreado a partir do menu suspenso Tipo de Simbologia.
  5. Selecione um tipo de Relevo Sombreado e ajuste as configurações associadas.
    • O tipo de relevo sombreado Tradicional permite que você altere as seguintes configurações:

      • Azimute—O azimute é a posição relativa do sol ao longo do horizonte.
      • Altitude—O ângulo de elevação do sol acima do horizonte.
      • Fator Z—O fator de escala usado para converter a unidade de elevação ou para adicionar exagero vertical para efeito visual.
      • Dimensionamento—A potência e o fator do tamanho do pixel, que determinam como o fator z irá dimensionar o resultado do relevo sombreado.

    • O tipo de relevo sombreado Multidirecional permite a você alterar a configuração Fator Z e a configuração Dimensionamento.
  6. Selecione uma rampa de cores no menu suspenso Rampa de Cores.
  7. Clique em Aplicar para aplicar a opções de exibição de imagem para a camada, clique em Redefinir para retornar às opções de exibição padrão ou clique em Fechar para fechar a guia Exibir Imagem sem salvar suas escolhas.

Mapa de Cores

A simbologia de mapa de cores é compatível com camadas de imagens publicadas com um mapa de cores. Ele usa os valores de vermelho, verde e azul dentro do mapa de cores para exibir uma camada de imagem de banda única. Ele também permite que você atribua rótulos para cada classe.

Para modificar a exibição da imagem usando a simbologia Mapa de Cores, conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. Vá até a camada de imagens para a qual deseja ajustar a exibição e clique em Mais Opções Mais Opções, e clique em Exibição de Imagem.
  4. Faça um dos seguintes:
    • Selecione a opção Mapa de Cores no menu suspenso Renderizador.
    • Se a camada de imagens for um serviço de imagem com modelos predefinidos, selecione Renderizador Definido pelo Usuário a partir do menu suspenso Renderizador e selecione Mapa de Cores a partir do menu suspenso Tipo de Simbologia.
  5. Edite a coluna Rótulo se necessário para gerar uma nova legenda.
  6. Clique em Aplicar para aplicar a opções de exibição de imagem para a camada, clique em Redefinir para retornar às opções de exibição padrão ou clique em Fechar para fechar a guia Exibir Imagem sem salvar suas escolhas.

Utilizar um modelo pré-definido

Camadas de imagens geradas a partir de serviços de imagem são geralmente criadas com um ou mais modelos de processamento associados ao conjunto de dados. Os modelos de processamento são configurações de exibição predefinidas ou cadeias de funções raster associadas ao conjunto de dados raster. Por exemplo, a camada de imagem Temperatura do fundo do mar (°C) no ArcGIS Living Atlas é publicado com um renderizador cartográfico, bem como um renderizador que converte Celsius em Fahrenheit e um que converte Celsius em Kelvin. Esses não são serviços de imagem separados, mas sim um serviço de imagem que pode ser exibido com diferentes opções de processamento já aplicadas. Você pode optar por exibir a camada de imagens com qualquer um dos modelos predefinidos.

Anotação:

Como consumidor do serviço de imagem, você pode estar limitado a visualizar os modelos que foram criados com o serviço de imagem.

Para usar um modelo de processamento predefinido para exibir imagens, conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. Vá até a camada de imagens para a qual deseja ajustar a exibição e clique em Mais Opções Mais Opções, e clique em Exibição de Imagem.
  4. No menu suspenso Renderizador, selecione o modelo de processamento predefinido a ser usado para renderizar a camada de imagens.
  5. Clique em Aplicar para aplicar a opções de exibição de imagem para a camada, clique em Redefinir para retornar às opções de exibição padrão ou clique em Fechar para fechar a guia Exibir Imagem sem salvar suas escolhas.

Ordem de exibição da imagem

Um serviço de imagem publicado a partir de um conjunto de dados do mosaico contém uma ou mais imagens. Estas imagens são mosaicadas de forma instantânea como uma única imagem quando o usuário procura o serviço. Por exemplo, a camada de imagem Imagens USA NAIP: Cor Natural do ArcGIS Living Atlas é publicada a partir de um conjunto de dados do mosaico.

Ao trabalhar com esses tipos de camadas de imagens em um mapa da web, você pode modificar a ordem das imagens e como resolver áreas sobrepostas. A ordem da imagem indica como selecionar a imagem quando há múltiplas imagens sobre a mesma área. Você também pode determinar como exibir as áreas onde as imagens se sobrepõem na camada de imagens.

Para alterar a ordem de exibição da imagem para uma camada de imagens do conjunto de dados do mosaico, conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. Vá até a camada de imagens para a qual deseja alterar a ordem das imagens e clique em Mais opções Mais opções > Ordem de exibição da imagem.
  4. No painel Ordem de Exibição de Imagens, especifique o método que deseja usar para priorizar as imagens.

    As opções disponíveis são as seguintes:

    • Somente escala—Utilize esta opção para priorizar a ordem da imagem pela escala das imagens. Para imagens que estão na mesma escala, o ObjectID nos atributos da imagem determina sua ordem de exibição.
    • Um atributo—Selecione um atributo para determinar a ordem da imagem. A imagem com o valor mais alto de acordo com seu atributo aparecerá na parte superior. Por exemplo, se você deseja mostrar as imagens mais recentes, é possível exibir as imagens baseado nas suas datas de aquisição. Utilize o calendário para selecionar a data de aquisição. Outro atributo comum para utilizar é a porcentagem da cobertura de nuvem para obter uma imagem mais clara o possível.
    • Centro da imagem mais próximo do centro de visualização—Conforme seu público procurar por uma camada de raster mosaicada, as imagens que são exibidas serão alteradas. As imagens com seus centros de imagem mais próximos da distância no centro da tela aparecem na parte superior. Isto é útil se seu público está interessado em visualizar feições de um ponto de vista mais persistente.
    • Ordem fixa com a maioria do Noroeste na parte superior—A ordem é baseada no centro da distância de cada imagem até o canto noroeste da camada de raster mosaicada. Já que isto apresenta uma visualização estática, é útil quando você não desejar que as imagens mudem conforme você percorrer o mosaico.
    • Local do sensor mais próximo do centro de visualização—Exibe as imagens com menos distorção. Quando o sensor captura uma imagem, o ponto diretamente sobre a imagem é conhecido como o ponto nadir, que tende a ter a menor distorção, e os efeitos—como inclinação do edifício—são minimizados. As imagens com seus pontos Nadir mais próximos da distância no centro da tela são exibidas na parte superior.
    • Linhas sem emenda definidas—Você precisa já ter as linhas sem emenda criadas se desejar que seu público tenha acesso a esta opção. As imagens são priorizadas com base nas suas linhas sem emenda existentes. Se escolher esta opção, você deverá utilizar a opção Mistura dos valores de pixel para solucionar qualquer sobreposição de pixels.
    • Uma lista de imagens—Se você estiver interessado em um pequeno número de imagens, é possível listá-las explicitamente utilizando uma lista delimitada por vírgula na ordem em que deseja que sejam exibidas. Este método restringe a visibilidade da imagem e força as imagens listadas para exibir em qualquer escala, por exemplo, 1, 2, 5, 7, 9
    Anotação:
    As imagens em um serviço de imagem são visíveis em determinadas escalas. A faixa de visibilidade corresponde ao tamanho mínimo do pixel (MinPS) e tamanho máximo do pixel (MaxPS) nos atributos da imagem. A configuração da visibilidade é sempre honrada, exceto quando a opção Uma lista de imagens é escolhida.
  5. Opcionalmente, você pode inverter a ordem de prioridade marcando a caixa Inverter a ordem.
  6. Especifique o método para resolver pixels sobrepostos.

    As opções disponíveis são as seguintes:

    • Somente prioridade mais alta—Exibe o valor de pixel da imagem que tem a prioridade mais alta conforme definido no método da ordem de prioridade.
    • Mínimo dos valores de pixel—Exibe o valor de pixel mais baixo.
    • Máximo dos valores de pixel—Exibe o valor de pixel mais alto.
    • Média dos valores de pixel—Exibe o valor médio do pixel.
    • Mistura dos valores de pixel—Utilize a opção de mistura para as áreas de sobreposição para criar uma transição suave ao longo das linhas sem emenda.
  7. Clique em Aplicar para aplicar suas alterações.

Qualidade da imagem

Você pode alterar a qualidade da imagem para camadas de imagens dinâmicas. Para modificar a qualidade da imagem, você deve modificar o algoritmo de compressão usado para renderizar a camada de imagens. Imagens de qualidade superior resultarão em arquivos maiores e afetarão a velocidade de desempenho. Há três opções de qualidade de imagem disponíveis e sua seleção depende de seus requisitos e largura de banda.

Para alterar a qualidade da imagem de uma camada de imagens, execute as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. Vá até a camada de imagens para a qual deseja alterar a qualidade da imagem e clique em Mais Opções Mais Opções> Qualidade de Imagem.
  4. Utilize o controle deslizante para selecionar o nível de compressão.

    As seguintes opções estão disponíveis:

    • Desempenho—Compacta no formato JPEG na qualidade de 50 porcento. Assumindo que a imagem original tem dimensões de 1034 por 721 (aproximadamente 2 MB), o tamanho transmitido utilizando esta opção é somente 62K. Isso é recomendado se você estiver em uma rede com largura de banda baixa. Esta opção não suporta qualquer transparência, então as áreas de NoData serão exibidas em preto.
    • Qualidade—Compacta em um formato PNG32 quando há pixels de NoData presentes na visualização atual e cria uma compactação em JPEG na qualidade de 95 porcento quando não há nenhum pixel transparente. Assumindo que a imagem original tem dimensões de 1.034 por 721 e nenhum pixel transparente, o tamanho transmitido utilizando esta opção é 277K.
    • Balanço—Compacta em PNG32 quando há pixels de NoData presentes na visualização atual e compacta no formato JPEG na qualidade de 75 porcento quando não há nenhum pixel transparente. Assumindo que a imagem original tem dimensões de 1.034 por 721 e nenhum pixel transparente, o tamanho transmitido utilizando esta opção é 99K.
  5. Clique em Aplicar para aplicar suas alterações.

Filtrar camadas de imagem

Para camadas de imagens contendo várias imagens, você pode usar atributos para filtrar as imagens a serem exibidas. O filtro é compatível com serviços de imagem do ArcGIS Enterprise publicado de um conjunto de dados do mosaico ou camadas de imagens hospedadas do ArcGIS Enterprise gerado a partir de uma coleção de imagem.

Filtre usando a janela Filtrar ou com o painel Filtro de Imagem.

  • A caixa de diálogo Filtrar permite filtrar a camada de imagens com base em atributos e exibir todas as imagens que atendem aos critérios do filtro, em toda a extensão da camada de imagens.
  • O painel Filtro de Imagens permite filtrar a camada de imagens com base em atributos e retornar todas as imagens de uma área geográfica de interesse. A extensão geográfica da pesquisa é limitada à exibição visível no mapa.

    A aplicação do filtro retorna as imagens selecionadas no painel Filtro de Imagem e você pode configurar os resultados para exibir miniaturas ou atributos para ajudar a restringir sua seleção. Depois de fazer uma seleção, você pode criar uma camada e adicioná-la ao painel Conteúdo.

Filtrar

Para exibir todas as imagens que atendem a determinados critérios, em toda a extensão da camada de imagens, conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. Vá até a camada de imagens que deseja filtrar e clique em Filtrar Filtrar.
  4. Crie sua expressão de definição.
    • As expressões utilizam o formulário geral do <Field_name> <Operator> <Value, Field or Unique>. O atributo de metadados do <Field_name> é o que você irá filtrar e o atributo <Operator> restringe as configurações. A escolha dos operadores depende do atributo que você escolher.
    • Você pode criar uma expressão, múltiplas expressões ou um ou mais conjunto de expressões. Um conjunto é um agrupamento de expressões, por exemplo, você pode exibir imagens tendo uma Data de Aquisição após 17/3/2000 e antes de 30/9/2000 e exibido na imagem seguinte. Para criar um conjunto de expressões, clique em Adicionar ao conjunto.
    • Se você tiver mais de uma expressão, escolha para exibir as feições na camada que corresponde à Todas ou Nenhuma das suas expressões. Todos exige que todos os critérios que você especificou sejam verdadeiros. Nenhuma significa que somente uma das suas expressões deve ser verdadeira para mostrar as feições. Todos ou Qualquer de suas expressões podem ser aplicadas às expressões individuais, um conjunto de expressões ou todas as expressões que incluem seu filtro.
    • Na parte de campo da expressão, clique na seta suspensa Campo e escolha o campo que você deseja consultar da lista.
    • Na parte de operador da expressão, clique na seta suspensa Operadores e escolha um operador da lista.
    • Para filtrar baseado em um valor específico, escolha Valor e insira um valor no campo. A caixa de entrada varia dependendo do tipo de campo.
    • Para comparar o valor em um campo com o valor em outro campo, escolha Campo, clique na seta suspensa e escolha o campo para sua expressão.
    • Para filtrar baseado em um valor específico no campo que você selecionou para sua expressão, escolha Único e selecione um valor único do seu campo. Se esta opção não estiver disponível, restrições poderão ser aplicadas.
      Anotação:

      Os filtros de valor único não são suportados em campos de data.

    • Para excluir uma expressão no filtro, clique no botão Excluir Excluir à direita da sua expressão.
  5. Clique em Aplicar Filtro para exibir as imagens filtradas definidas pelas expressões em seu filtro.

Filtrar Imagem

Para selecionar imagens usando a extensão de exibição atual e as informações de atributo, conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. No mapa, amplie a área de interesse.
  4. No painel Conteúdo, vá até a camada de imagens que deseja filtrar e clique em Mais opções Mais opções > Filtro de imagem.
  5. No painel Filtro de imagem, use a caixa Atributo para selecionar o atributo e o valor a serem usados ​​para filtrar as imagens.

    As imagens resultantes são exibidas na caixa Resultados do Filtro de Imagem.

  6. Opcionalmente, utilize as ferramentas seguintes quando você estiver selecionando as imagens:
    • Configurar resultados do filtro—Configure as informações exibidas no cartão. Você pode selecionar até quatro campos para serem exibidos, com uma opção para exibir miniaturas associadas com cada resultado.
    • Selecionar tudo—Selecione o número máximo permissível de imagens a partir do resultado ou para cancelar a seleção de todas as imagens com um clique. O número máximo de imagens selecionado é determinado pela propriedade Contagem de imagem de mosaico máxima do serviço.
    • Classificar imagens—Classifica os resultados em ordem crescente ou decrescente baseado no campo de atributo selecionado no filtro.
    • Ampliar nas imagens selecionadas—Amplia na extensão das imagens selecionadas.
  7. Quando terminar, selecione as imagens que deseja exibir a partir dos resultados e clique na opção Adicionar como uma Nova Camada para salvar a nova camada e adicioná-la ao painel de conteúdo do mapa como uma camada.

    A nova camada é adicionada ao painel Conteúdo.

  8. Clique em Concluir para fechar o painel Filtro de Imagem e retorne ao painel do Map Viewer Classic Conteúdo .
Anotação:

O painel Filtro de imagem funciona em conjunto com acaixa de diálogo Filtrar. Se um filtro da camada for configurado na camada de imagem, a opção Filtro de Imagem honra a consulta de filtro e trabalha com as imagens que são retornadas pelo serviço desta consulta. Isso permite que você refine ainda mais sua seleção para a área geográfica de interesse.

Filtro multidimensional

Se sua camada de imagens for multidimensional, você pode usar o filtro multidimensional para especificar a variável e o valor da dimensão a serem exibidos no mapa. Por exemplo, a camada de imagens Temperatura da superfície do mar (°C) do ArcGIS Living Atlas é uma camada de imagens multidimensionais.

Para aplicar um filtro multidimensional, conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. Vá até a camada multidimensional que deseja filtrar e clique Mais Opções Mais Opções > Filtro Multidimensional.
  4. Selecione a variável para exibir do menu suspenso.

    Escolha Padrão para utilizar a variável configurada no serviço. Padrão significa que não há nenhum filtro de variável por parte do cliente. Isto pode ser devido ao fato do servidor ter uma variável padrão configurada por modelos de processamento ou um resultado de processamento derivado de múltiplas variáveis.

  5. Verifique as dimensões para definir a variável e utilize o calendário ou menu suspenso para selecionar os valores.
    Anotação:

    Você precisa desativar o tempo ou outras animações de dimensão da camada antes de você poder configurar as dimensões correspondentes para exibir um valor ou alcance específico.

  6. Clique em Aplicar para aplicar o filtro multidimensional.

Alterar o estilo dos dados de campo do vetor

Você pode simbolizar serviços de imagem com U-V ou informações de magnitude e direção usando símbolos vetoriais, como setas. O tamanho do símbolo e cor representam a magnitude. O ângulo representa a direção do fluxo.

Para modificar a exibição dos dados do campo vetorial, conclua as seguintes etapas:

  1. Verifique se você está registrado e abra o mapa no Map Viewer Classic.
  2. Clique em Detalhes, e clique em Conteúdo.
  3. Vá até a camada de campo vetorial no painel Conteúdo e clique em Alterar Estilo Alterar Estilo.
  4. Faça quaisquer das seguintes alterações:
    • Símbolo—Escolha o tipo de símbolo que você deseja utilizar para exibir os dados. As opções incluem Escala Simples, Seta Simples, Direções do Vento, Escala de Beaufort Wind, Correntes Marítimas com 4 ou 9 classes, e Setas Classificadas. Todos os símbolos exceto Escala Simples utilizam o tamanho ou cor do símbolo para representar a magnitude dos dados e o ângulo de rotação do símbolo para representar sua direção de fluxo. As descrições de cada símbolo estão incluídas no menu suspenso.
    • A direção representa fluxo—Escolha para exibir a direção dos símbolos em preferência meteorológica ou oceanográfica. Os meteorologistas exibem os dados com base na direção da qual o ar está fluindo. Oceanógrafos, por outro lado, exibem os dados com base na direção que a água está fluindo.
    • Densidade do símbolo—Dimensiona os padrões que você está observando movendo o controle deslizante em direção ao escasso ou denso. Conforme você mover o controle deslizante em direção ao escasso, cada símbolo representará uma área maior e, então, um padrão maior. Uma configuração mais densa permite a você visualizar padrões que estão localizados e pequenos, conforme cada símbolo representar os dados sobre uma área pequena.
    • Escala do símbolo—Dimensiona os símbolos movendo o contorle deslizante em direção ao mínimo ou máximo. Utilize as configurações avançadas para configurar uma faixa de escala mais exata.
    • Configurações Avançadas—Define um intervalo preciso para os símbolos convertendo a magnitude e configurando o intervalo mínimo e máximo. Estas configurações afetam o tamanho mínimo e máximo do símbolo, pois o tamanho utiliza a unidade de magnitude convertida. Limite o intervalo de dados que é exibido configurando um valor mínimo e máximo. Os dados fora do intervalo são simbolizados utilizando os valores mínimo e máximo.
  5. Clique em Aplicar para aplicar suas alterações.

Configurar animação de dimensão e tempo

Você pode animar camadas de imagens com o tempo ou outras dimensões ativadas com as configurações apropriadas.

Habilitar a animação de tempo e configurações

Para camadas de imagens com dimensão de tempo, você pode utilizar o controle deslizante de tempo e configurações de tempo para controlar como animar as imagens através de um período de tempo. Você deve habilitar as opções de animação de tempo da camada de imagens.

Habilitar animação de dimensão e configurações

Para uma camada de imagem com dimensões diferentes do tempo, você pode utilizar o controle deslizante de dimensão para selecionar as dimensões que deseja animar. As dimensões comuns incluem elevação, profundidade e pressão. Por exemplo, a camada de imagens HYCOM - Salinidade da água do mar do ArcGIS Living Atlas mostra salinidade em várias profundidades, além de várias vezes.

  • Dimensão—Defina a dimensão na qual deseja exibir a variável na animação.
  • Inverter Animação—Altera a direção da animação de dimensão. Você pode definir a animação para exibir de valores dimensionais máximos a mínimos ou vice-versa.
  • Definir Intervalo—Define um intervalo de valores utilizando o controle deslizante de dimensão. Desmarque esta caixa para trabalhar com uma parte de cada vez.
  • Velocidade de Reprodução—Define a velocidade da animação.
  • Intervalo de Dimensão—Esta caixa é selecionada por padrão, e todas as partes ficam disponíveis para visualização. Desmarque esta caixa para valores de entrada específicos para os pontos iniciais e finais.
  • Intervalo—Isto é semelhante a um intervalo de tempo na animação de tempo; entretanto, é expresso nas unidades de dimensão em vez do tempo. Por exemplo, ao visualizar uma variável em diferentes profundidades, configure o Intervalo para 100 metros para exibir a camada que representa cada100 metros de profundidade.

Para usar e configurar o controle deslizante de dimensão e as opções de animação, use as seguintes etapas:

  1. Adicione a camada de imagens multidimensionais ao mapa.
  2. Se necessário, vá até a camada de imagens no painel Conteúdo e clique em Mais Opções Mais Opções > Habilitar Animação de Dimensão.
  3. Use o controle deslizante de dimensão para selecionar o valor da dimensão que deseja exibir no mapa.
  4. Clique em Reproduzir/Pausar para reproduzir uma animação da camada de imagens em cada valor de dimensão.
  5. Clique em Anterior ou Avançar para alterar a exibição por um valor de dimensão.
  6. Para modificar as configurações de animação, clique no botão Configurar e modifique qualquer uma das seguintes opções:
    • Dimensão—Defina a dimensão na qual deseja exibir a variável na animação.
    • Inverter Animação—Altera a direção da animação de dimensão. Você pode definir a animação para exibir de valores dimensionais máximos a mínimos ou vice-versa.
    • Definir Intervalo—Define um intervalo de valores utilizando o controle deslizante de dimensão. Desmarque esta caixa para trabalhar com uma parte de cada vez.
  7. Velocidade de Reprodução—Define a velocidade da animação.
  8. Intervalo de Dimensão—Esta caixa é selecionada por padrão, e todas as partes ficam disponíveis para visualização. Desmarque esta caixa para valores de entrada específicos para os pontos iniciais e finais.
  9. Clique em OK para aplicar suas alterações, ou clique em Cancelar para sair da caixa de diálogo Configurações de dimensão sem salvar suas alterações.

Opções da tabela

Você pode exibir uma tabela de uma camada de imagens gerada a partir de um conjunto de dados de mosaico. A tabela tem metadados para cada imagem, que pode ser útil para decidir quais categorias utilizar ao filtrar. Você também pode utilizar a tabela para fazer o seguinte:

  • Mostrar registros selecionados ou Mostrar todos os registros—Mostra somente os registros que você selecionou da camada ou tabela, ou mostra todos os registros.
  • Centralizar na seleção—Centraliza nos registros selecionados em sua camada.
  • Limpar Seleção—Limpa as seleções de imagem atual. Elas permanecerão visíveis no seu mapa e na tabela.
  • Mostrar/Ocultar colunas—Escolha quais colunas exibir na tabela.
  • Filtrar—Define o filtro para utilizar consultas de atributo para filtrar as imagens exibidas.
  • Selecionar imagens visíveis—Selecione as imagens que são visíveis no mapa.
  • Exibir todas as imagens—Exibe todas as imagens da sua camada no mapa.
  • Exibir imagens selecionadas—Exibe somente as imagens que você selecionou.

Quando você trabalha com um serviço de imagem composto de muitas imagens, talvez queira selecionar uma ou algumas imagens em particular para exibir. Você precisará filtrar incrementalmente as imagens que deseja exibir, bloquear a visualização das imagens que deseja, então redefinir a visualização de forma que nenhuma imagem seja selecionada.

As etapas a seguir mostram como executar esse fluxo de trabalho.

  1. Filtre sua camada de imagens primeiro aplicando um filtro, usando a tabela para Mostrar Imagens Visíveis ou clicando em um ponto no mapa quando a tabela for exibida. Após filtrar as imagens, utilize Opções da Tabela para mostrar os registros selecionados.
  2. Refina sua seleção clicando nos registros da tabela. Você pode utilizar a tecla Ctrl para selecionar múltiplos itens. Escolha Mostrar Registros Selecionados novamente utilizando as opções da tabela.
  3. Utilize Exibir Imagens Selecionadas para bloquear as imagens.
  4. Redefina a visualização para mostrar todas as imagens selecionando Exibir Todas as Imagens.

Legenda

Se o seu serviço de imagem estiver publicado em um servidor do ArcGIS 10.2 ou posterior, você poderá exibir uma legenda no seu mapa. A legenda aparece por padrão; porém tem uma opção para ocultá-la.