Usar trechos de código

O ArcGIS Notebooks permite que você procure, crie e insira código pré-escrito e reutilizável, conhecido como trechos de código, em seu notebook. Os trechos de código permitem que você implemente fluxos de trabalho comuns em seus notebooks.

Criar um trecho de código

Você pode criar um trecho de código do seu notebook. Os trechos de código que você cria podem ser usados ​​no mesmo notebook ou em outros notebooks. Os trechos de código que você cria são armazenados em itens da biblioteca de trechos de código do notebook em seu conteúdo, que são usados ​​para organizar seus trechos de código e podem ser compartilhados.

Para criar um trecho de código, você deve primeiro criar uma biblioteca de trechos de código de notebook na qual armazenar seus trechos de código.

Criar uma biblioteca de trechos de código de notebook

Para criar uma biblioteca de trechos de código, conclua as etapas a seguir:

  1. Na barra de formatação superior do editor do notebook, clique em Trechos de codigo.
  2. Clique no botão Adicionar Adicionar e escolha Criar item de biblioteca.
  3. Insira um título e um resumo para sua biblioteca e, opcionalmente, adicione tags que representem os trechos de código armazenados na biblioteca.
  4. Clique em Criar.

Adicionar um trecho de código

Após criar uma biblioteca, você pode adicionar trechos de código a ela. Para adicionar um trecho de código, faça o seguinte:

  1. Na barra de formatação superior do editor do notebook, clique em Trechos de codigo.
  2. Clique no botão Adicionar Adicionar e escolha Adicionar trecho de código.
  3. Insira um título para o trech de código, escolha a biblioteca à qual deseja adicioná-lo e insira uma descrição.

    A lista suspensa Selecionar um item de biblioteca de trecho de código exibe as bibliotecas às quais você pode adicionar seu trecho de código. A lista também indica o número de trechos nessa biblioteca que têm seu compartilhamento definido como Herdar.

  4. Adicione o código para o trecho.
    Anotação:

    Copie e cole o código da célula do notebook em vez de digitar diretamente o código para evitar recuo ou outros erros de sintaxe.

  5. Clique em Salvar.

Você pode fazer alterações em seus trechos de código clicando no botão Mais opções Opções para o trecho e clicando emEditar.

Inserir um trecho de código

Usando o painel Trechos de código, conclua as etapas a seguir para inserir um trechos de código:

  1. Na barra de formatação superior do editor do notebook, clique em Trechos de codigo.
  2. Vá até a biblioteca de trechos de código que contém o trecho que você deseja inserir.
  3. Clique em Exibir detalhes do trecho para visualizar o código.
  4. Quando você encontrar o trecho de código que deseja inserir, clique no botão Adicionar Adicionar no painel de trechos de código ou clique em Adicionar ao notebook no painel de visualização de código para inserir o trecho de código em seu notebook como uma nova célula.

Veja a seguir um exemplo de um trecho de código adicionado ao seu notebook:

# curated code snippet inserted from the Code snippets pane
from arcgis.gis import GIS
def check_org_credits_agol(gis: GIS):
    if "admin" in gis.__dict__:
        credits = gis.admin.credits.credits
        print(f"This ArcGIS Online organization has {credits} credits.")
    else:
        print("Please connect to the ArcGIS Online organization as an administrator to check credits.")

# create a GIS instance to pass to the code snippet function
gis_agol = GIS("https://www.arcgis.com/", "<admin_username>")

# call the code snippet function with your GIS instance
check_org_credits_agol(gis_agol)

Trechos de código Esri

Todos os trechos de código disponíveis são selecionados pela Esri. Esses trechos de código com curadoria permitem que você implemente fluxos de trabalho GIS comuns em seus notebooks. Os trechos de código são escritos como funções Python que podem ser inseridas em seu notebook e chamadas por ele. Um trecho de código também pode ser editado depois de adicionado ao seu notebook.

A seguir estão os trechos de código disponíveis que podem ser inseridos em seu notebook:

  1. Administração GIS—Trechos de código que executam tarefas comuns de administração GIS.
    Anotação:

    Muitos desses trechos de código exigem uma conexão de administrador.

    • Verifique os créditos restantes (somenteArcGIS Online).
    • Verifique os créditos de um usuário específico (somente ArcGIS Online).
    • Obtenha a URL de serviço base de um item de camada.
    • Consultar logs do portal e salvar como CSV (somente ArcGIS Enterprise).
    • Efetue o login no portal para ArcPy.
  2. Gerenciamento de conteúdo—Trechos de código que ajudam no gerenciamento do conteúdo em seu GIS e os arquivos em seu diretório da área de trabalho do notebook.
    • Copie um geodatabase no diretório da área de trabalho.
    • Crie um arquivo geodatabase com uma classe de feição vazia.
    • Crie uma pasta no diretório da área de trabalho.
    • Baixe um item de arquivo do portal para o diretório da área de trabalho.
    • Listar conjuntos de dados.
    • Lista de arquivos.
    • Remova um arquivo geodatabase no diretório da área de trabalho.
    • Remova uma pasta no diretório da área de trabalho.
    • Descompacte um arquivo no diretório da área de trabalho.
  3. Ciência de dados e análise—Trechos de código que podem ser implementados em seus fluxos de trabalho de ciência de dados e análise usando ArcGIS API for Python, ArcPy e outras bibliotecas Python.
    Anotação:

    Use o tempo de execução de notebook avançado para executar trechos de código que exigem ArcPy. Para obter mais informações sobre os tempos de execução do notebook, consulte Especificar o tempo de execução do notebook.

    • Converter Classe de Feição para uma Camada de Feição.
    • Converter uma Classe de Feição em em DataFrame Espacialmente Habilitado.
    • Converter uma Camada de Feição em um DataFrame Espacialmente Habilitado.
    • Converter um DataFrame Espacialmente Habilitado para uma Classe de Feição.
    • Exibir uma imagem da URL.
    • Exibir uma imagem do diretório da área de trabalho.
    • Preencher os valores ausentes.
    • Listar campos em uma classe de feição.
    • Listar campos em uma camada.
    • Listar camadas em um item.
    • Plote um DataFrame Espacialmente Habilitado (início rápido).
    • Plote um DataFrame Espacialmente Habilitado com renderizador de quebra de classe.
    • Plote um DataFrame Espacialmente Habilitado com renderizador simples.
    • Plote um DataFrame Espacialmente Habilitado com renderizador de valores únicos.
    • Publique um DataFrame Espacialmente Habilitado como Camada de Feição.