Amostra

Amostra Esta ferramenta cria uma tabela ou classe de feição de ponto que mostra os valores das células de um raster ou conjunto de rasters, para locais definidos. Os locais são definidos por células de raster, feições de polígono, feições de polilinha ou por um conjunto de pontos.

Anotação:

Esta funcionalidade é atualmente suportada apenas no Map Viewer Classic. Ela estará disponível em uma versão futura do Map Viewer.

Se você não vê esta ferramenta no Map Viewer Classic, contacte seu administrador da organização. Você pode não ter privilégios de análise de imagem, disponíveis com a licença do ArcGIS Image for ArcGIS Online.

Diagrama do fluxo de trabalho

Fluxo de Trabalho de Amostra

Exemplos

Alguns exemplos de aplicações desta ferramenta incluem o seguinte:

  • Extraia atributos para localização da torre de celular de vários rasters, como uso do solo, tipo de solo, elevação e distância até a estrada.
  • Extraia a temperatura do solo em diferentes profundidades para um determinado conjunto de pontos.
  • A partir de 30 anos de dados mensais de temperatura da superfície do mar, resuma em locais de animais ou dentro de áreas de vida para um determinado momento quando uma espécie animal foi observada.

Anotações de uso

Os valores de célula serão extraídos de todos os rasters de entrada em cada local. Uma tabela ou uma classe de feição de ponto será criada com campos contendo os valores de pixel para cada raster de entrada. Atributos adicionais da tabela do raster de entrada não serão incluídos na tabela de saída.

Qualquer combinação de rasters, como banda única, múltiplas bandas, multidimensional ou multivariada, pode ser especificada como rasters de entrada. A estrutura da tabela de saída muda quando as rasters de entrada são multidimensionais. Quando um raster de múltiplas bandas é especificado como um dos rasters de entrada, todas as bandas nesta entrada serão utilizadas. Para processar uma seleção de bandas a partir de um raster de múltiplas banda de entrada, primeiro crie um conjunto de dados raster composto por estas bandas específicas. Utilize o resultado na lista de rasters de entrada.

O local de entrada pode ser um raster ou uma feição:

  • Raster—Pixels contendo valores válidos (não NoData) são utilizados para extrair os valores de pixel de todos os rasters de entrada, e o centro do pixel é utilizado para locais de ponto.
  • Ponto—Os valores serão amostrados em cada local de ponto.
  • Polilinha ou um polígono—Os valores serão amostrados no centróide da polilinha ou do polígono. Se o raster de entrada for multidimensional, os valores serão agregados com base no tipo de Estatística .

Um campo será adicionado à tabela de saída para armazenar os valores especificados no parâmetro Especificar campo ID único. Por padrão, o nome do campo é igual ao nome do conjunto de dados do local de entrada. É recomendado que você use um campo contendo valores únicos como o identificador de cada local para análise posterior.

Os locais que extraem valores das células de NoData no raster de entrada receberão um valor <nulo> na tabela de saída.

Os rasters de entrada são amostrados em sua resolução e referência espacial nativas. Se houver múltiplos rasters de entrada com diferentes referências espaciais, os locais de entrada serão projetados na referência espacial de cada raster individual a partir do qual os valores são extraídos. O ambiente de análise é aplicado aos locais de entrada, mas os rasters de entrada não respeitarão o ambiente de análise.

A referência espacial das coordenadas x, y na classe de feição ou tabela de amostra de saída é a mesma que as feições de ponto ou raster do local de entrada, a menos que seja especificado no ambiente Sistema de Coordenadas de Saída. Se a referência espacial de dados dos locais de entrada for desconhecida, a referência espacial das coordenadas x, y também será desconhecida. Se o local de entrada for uma classe de feição de ponto sem índice espacial, um aviso será emitido. Para melhorar o desempenho da ferramenta para uma entrada com um grande número de pontos, crie um índice espacial.

Para executar análise com feições de múltiplos pontos, primeiro converta em feições de único ponto antes de utilizá-las nesta ferramenta.

O parâmetro Especificar informações de aquisição de dados de localização será usado para especificar o subconjunto de raster multidimensional de entrada a ser usado para amostragem.

  • Quando dimensão, valor inicial e valor final são especificados, as partes dentro dos valores inicial e final são processadas. O valor final padrão é o valor máximo da dimensão. Para uma dimensão de tempo, especifique o valor no formato padrão. Para outras dimensões, especifique o valor na mesma unidade do raster de entrada.
  • Quando a dimensão, o campo inicial e o campo final são especificados (o campo inicial e o campo final vêm dos dados de localização), os valores desses campos são usados para especificar um subconjunto de raster de entrada durante a amostragem de valores nesta local.
  • Os valores de valor Relativo ou dias antes e valor Relativo ou dias após podem ser usados para especificar um subconjunto relativo ao valor inicial, no qual o valor anterior especifica o início do subconjunto e o valor posterior especifica o final do subconjunto. Os valores de tempo são especificados em dias e os outros valores de dimensão são especificados na mesma unidade do raster de entrada.

O parâmetro Escolher tipo estatístico agrega os valores do parâmetro Reaster de Entrada conforme especificado pelo subconjunto no parâmetro Especificar informações de aquisição de dados de localização .

Se Os valores amostrados aparecem na linha estiver selecionado, os valores extraídos serão armazenados em um campo com o mesmo nome da variável. Campos adicionais são criados para armazenar os valores de dimensão não espaciais com o mesmo nome da dimensão. Se Os valores amostrados aparecem na coluna estiver selecionado, os valores extraídos serão armazenados em campos com nomes que seguem uma convensão <nome_variável>_<nome_dimensão>_<valor_dimensão> .

Se o raster multidimensional tiver múltiplas bandas, um campo adicional será criado para cada banda, que armazena o valor extraído dessa banda.

Quando o parâmetro Especificar técnica de reamostragem estiver configurado para Mais Próximo, o tipo de campo na tabela de saída corresponderá ao tipo de raster. Quando a opção de reamostragem for Bilinear ou Cúbica, o tipo de campo sempre será de ponto flutuante para manter a precisão dos valores interpolados.

Por padrão, a saída é Tabela. Se Especificar tipo de saída estiver selecionado como Feições, a saída será uma classe de feição de ponto com os valores de amostra em sua tabela de atributos. A seguir estão os possíveis tipos de locais com descrições de como os valores serão amostrados:

  • Raster—Os pontos serão criados usando a localização do centro da célula.
  • Ponto—Um ponto será criado em cada um dos locais de ponto.
  • Polilinha ou polígono—Um ponto será criado em cada centróide de polígono ou polilinha.

A referência espacial da classe de feição de saída é a mesma que das feições ou do raster do local de Entrada, a menos que seja especificado no ambiente Sistema de Coordenadas de Saída.

O ambiente Fator de Processamento Paralelo é suportado somente quando a entrada é um raster multidimensional.

Se uma feição for especificada no ambiente Máscara , um raster interno será criado usando o tamanho mínimo de célula dos rasters de entrada. Durante a extração, o raster de máscara interno é novamente reamostrado para o tamanho da célula de cada raster de entrada.

Se Utilizar extensão de mapa atual estiver selecionado, as variáveis ou bandas da camada que são visíveis dentro da extensão de mapa atual serão analisadas. Se desmarcado, as variáveis ou bandas de toda a camada serão analisadas, mesmo que estiverem fora da extensão de mapa atual.

Os parâmetros desta ferramenta estão listados na seguinte tabela:

ParâmetroExplanação
Escolher camadas de imagens para amostrar

Uma única imagem ou uma lista de imagens cujos valores serão amostrados com base nos dados do local de entrada.

Para amostrar todas as partes de uma camada de imagens multidimensional, ela deve ser o único raster de entrada.

Escolher camada de localização

Dados que identificam as posições que você deseja amostrar.

Os dados do local de entrada podem ser um raster ou uma classe de feição de ponto, polilinha ou polígono.

Especificar campo ID Único (Opcional)

Um campo que contém um valor diferente para cada local ou feição na classe de feição ou raster do local de entrada.

Especificar informações de aquisição dos dados de localização (Opcional)

Especifique o tempo, a profundidade ou outros dados de aquisição associados a células ou feições de localização.

Para cada dimensão, há três opções para especificar as informações de aquisição associadas a células ou feições de localização:

  • Valor ou campo único—Quando esta opção é selecionada, as seguintes informações devem ser especificadas:
    • Valor ou campo de dimensão—Selecione um campo de valores de dimensão nos dados de localização ou insira um valor de dimensão específico.
  • Valor ou campo único com valores relativos—Se esta opção estiver selecionada, as informações abaixo deverão ser especificadas juntas para definir o intervalo dentro do qual as estatísticas serão calculadas para variáveis:
    • Valor ou campo de dimensão—Selecione um campo de valores de dimensão nos dados de localização.
    • Valor relativo antes—Especifica um número não negativo utilizado para subtrair do Valor ou campo de dimensão para definir o começo de um intervalo do valor de dimensão. Este valor representa o número de dias se a dimensão for hora.
    • Valor relativo após—Especifica um número não negativo utilizado para adicionar ao Valor ou campo de dimensão para definir o final de um intervalo do valor de dimensão. Este valor representa o número de dias se a dimensão for hora.
  • Valores ou campos iniciais e finais—Se esta opção estiver selecionada, as informações abaixo deverão ser especificadas juntas para definir o intervalo dentro do qual as estatísticas serão calculadas para variáveis:
    • Valores ou campo inicial—Selecione um campo de valores de dimensão nos dados de localização ou insira um valor de dimensão específico para definir o começo de um intervalo do valor de dimensão.
    • Valores ou campo final—Selecione um campo de valores de dimensão nos dados de localização ou insira um valor de dimensão específico para definir o final de um intervalo do valor de dimensão.

Este parâmetro está disponível somente quando o parâmetro Escolher camada de imagens para amostrar é um raster multidimensional.

Especificar valor ou campo de distância do buffer (Opcional)

A distância especificada em torno das feições dos dados de localização. A distância do buffer é especificada nas unidades lineares da referência espacial da feição de localização. Se a feição utilizar uma referência geográfica, a unidade será em graus.

As estatísticas serão calculadas dentro desta área do buffer.

Este parâmetro está disponível somente quando Escolher camada de imagens para amostrar é um raster multidimensional.

Escolher tipo de estatística (Opcional)

O tipo de estatística ser calculada.

  • Mínimo—Localiza o valor mínimo dentro do intervalo especificado.
  • Máximo—Localiza o valor máximo dentro do intervalo especificado.
  • Mediano—Localiza o valor mediano dentro do intervalo especificado.
  • Média—Calcula a média para o intervalo especificado.
  • Soma—Calcula a soma das variáveis dentro do intervalo especificado.
  • Maioria—Localiza o valor que ocorre com mais frequência.
  • Minoria—Localiza o valor que ocorre com menos frequência.
  • Desvio Padrão—Calcula o desvio padrão.
  • Percentil—Calcula um percentil definido dentro do intervalo especificado.

Este parâmetro está disponível somente quando o parâmetro Escolher camada de imagens para amostrar é um raster multidimensional, e os parâmetros Escolher camada de localização são polilinhas ou polígonos, ou Especificar campo ou valor de distância do buffer (Opcional) é selecionado.

Valores de percentil (Opcional)

Este valor pode variar de 0 a 100. O padrão é 90.

Este parâmetro está disponível somente quando o parâmetro Escolher tipo de estatística é configurado para Percentil.

Especificar técnica de reamostragem (Opcional)

Algoritmo de reamostragem utilizado ao amostrar um raster.

  • Mais próximo—O vizinho mais próximo, que utiliza o valor da célula mais próxima para atribuir um valor para a célula de saída durante a reamostragem. Este é o padrão.
  • Bilinear—Interpolação bilinear, que determina o novo valor de uma célula baseado em uma média da distância ponderada dos quatro centros da célula de entrada mais próxima.
  • Cúbica—Convolução cúbica, que determina o novo valor de uma célula baseado no ajuste de uma curva de suavização através de 16 centros da célula de entrada mais próxima.
Especificar layout de saída (Opcional)

Especifica se os valores amostrados aparecem em linhas ou colunas na tabela de saída.

  • Os valores amostrados aparecem na linha—Os valores amostrados aparecem em linhas separadas na tabela de saída. Este é o padrão.
  • Os valores amostrados aparecem na coluna—Os valores amostrados aparecem em colunas separadas na tabela de saída.

Este parâmetro está disponível somente quando o parâmetro Escolher camada de imagens para amostrar é um raster multidimensional e contém uma variável e uma dimensão, e cada parte é um raster de banda única.

Especificar tipo de saída (Opcional)

Especifica se gerar uma classe de feição de ponto com valores amostrados em sua tabela ou somente uma tabela com valores amostrados.

  • Tabela—Gera uma tabela com valores amostrados. Este é o padrão.
  • Feições—Gera uma classe de feição de ponto com valores amostrados em sua tabela. Se os parâmetros Escolher camada de localização forem polilinhas ou polígonos, cada ponto na saída será o centróide de cada geometria das feições do local de entrada.
Nome da camada resultante

O nome da camada que será criada em Meu Conteúdo e adicionada ao mapa. O nome padrão é baseado no nome da ferramenta e o nome da camada de entrada. Se a camada já existir, você será solicitado para fornecer outro nome.

Você pode especificar o nome de uma pasta em Meu Conteúdo onde o resultado será salvo utilizando a caixa suspensa Salvar resultados em .

Dica:

Clique em Mostrar Créditos antes de você executar sua análise para verificar quantos créditos serão consumidos.

Ambientes

As configurações do ambiente de análise são parâmetros adicionais que afetam os resultados de uma ferramenta. Você pode acessar as configurações do ambiente de análise da ferramenta clicando no ícone de engrenagem Ambientes de Análise na parte superior do painel de ferramentas.

Esta ferramenta honra os seguintes Ambientes de Análise:

  • Extensão—Especifica a área a ser usada para análise.
  • Máscara—Especifica uma camada de máscara, onde apenas as células que se enquadram na área de máscara serão usadas para análise.
  • Intervalo de reciclagem de trabalhadores de processamento—Define quantas seções de imagem processar antes de reiniciar os processos de trabalho.
  • Fator de processamento paralelo—Controla as instâncias de CPU ou GPU de processamento raster.
  • Número de novas tentativas em falhas—Define quantas tentativas um processo de trabalho tentará quando houver falha aleatória no processamento de um trabalho.

Ferramentas e funções raster semelhantes

Use a ferramenta Amostra par criar uma tabela ou classe de feição de ponto com valores de dados em locais definidos extraídos de um raster ou conjunto de rasters. Outras ferramentas podem ser úteis na solução de problemas semelhantes.

Ferramentas de análise e funções raster do Map Viewer Classic

Use a ferramenta Resumir Raster Dentro ou a função raster Estatístic Zonal para resumir rasters dentro de limites e criar uma saída do serviço de imagem.

Ferramentas de análise e funções raster ArcGIS Pro

As ferramentas de geoprocessamento Amostra, Estatística Zonal e Estatística Zonal como Tabela estão disponíveis nas caixas de ferramentas Image Analyst e Spatial Analyst.

As ferramentas Resumir Raster Dentro e Estatística Zonal como Tabela estão disponíveis na caixa de ferramentas Raster Analysis.

Estatística Zonal também está disponível como uma função raster.

Recursos de desenvolvedores do ArcGIS Enterprise

Se você estiver trabalhando no ArcGIS REST API, use as tarefas Sample, Summarize Raster Within ou Zonal Statistics As Table.

Se você estiver trabalhando no ArcGIS API for Python, use samplesite da web do ArcGIS for Python API, summarize_raster_within site da web do ArcGIS for Python API ou zonal_statistics_as_table site da web do ArcGIS for Python API de um módulo arcgis.raster.analytics ou use zonal_statistics site da web do ArcGIS for Python API do módulo arcgis.raster.functions.gbl.