KML

O KML é um formato de arquivo baseado em XML utilizado para representar feições geográficas em aplicativos como ArcGIS Earth e Google Earth. O KML permite que você desenhe pontos, linhas e polígonos em mapas e globos e os compartilhe com outros. A utilização do KML também permite que você selecione texto, figuras, filmes ou links para outros serviços de SIG que aparecem quando o usuário clica na feição. Muitos aplicativos cliente do KML, incluindo Map Viewer e Map Viewer Classic, são gratuitos e fornecem uma experiência de navegação familiar e amigável.

Compartilhar seu KML

Você pode adicionar um arquivo .kml descompactado ou um arquivo .kmz compactado no site da web através do botão Adicionar Item na guia Meu Conteúdo da página de conteúdo. Você também pode adicionar o KML referenciando a URL de um arquivo .kml ou .kmz como um item da web.

Após adicionar o KML, você pode compartilhá-lo com grupos que você participa ou torná-lo público ao compartilhá-lo com todos. Quando outros descobrirem seu KML, eles poderão escolher abri-lo no Map Viewer ou Map Viewer Classic ou baixar o arquivo para seu computador.

Adicionar uma camada de KML no mapa

Se você souber de um documento KML específico na web que deseja exibir no seu mapa, você poderá adicioná-lo como uma camada na web, no Map Viewer ou no Map Viewer Classic.

Considerações para uso do KML no mapa

O KML foi originalmente criado para visualizar feições em navegadores de superfície tridimensionais como ArcGIS Earth. O KML agora é suportado em uma série de clientes bidimensionais do navegador da web, incluindo Map Viewer e Map Viewer Classic. Há alguns aspectos do KML que não trabalham bem em telas 2D e algumas limitações que os clientes de navegador da web podem oferecer suporte.

Funcionalidade suportada

Map Viewer e Map Viewer Classic oferece suporte para um subconjunto de funcionalidades e elementos do KML. A seguinte lista expandirá conforme a Esri continuar a desenvolver suporte para KML:

  • Marcadores
  • Vínculos de rede para importar dados dinamicamente
  • Sobreposição de superfície
  • Pastas
  • Polilinhas e polígonos
  • Estilos de polilinhas e polígonos, inclusive cor, preenchimento e opacidade
  • Impressão de camada KML
  • Ícones
  • HTML descritivo
  • KMZ (KML compactado, incluindo imagens anexadas)
  • Camada KML embutida no site da web
  • Dados Estendidos em descrições de pop-up
  • Vínculos de rede com parâmetros de atualização
  • Ícones do KML com nós hotSpot

Limitações

As limitações atuais de utilizar camadas de KML no Map Viewer e Map Viewer Classic são como segue:

  • Os seguintes elementos não aparecem no mapa: KML regionado, parâmetros de atualização baseados em tempo e visualização, regiões dentro de vínculos de rede e sobreposições de tela.
  • As sobreposições de superfície e vínculos de rede sem propriedades de atualização não são impressas.
  • As sobreposições de imagem que cobrem grandes áreas podem parecer distorcidas.
  • Por padrão, há uma demora de cache de 30 minutos ao exibir atualizações na camada de KML. Se a camada tiver parâmetros de atualização menores que 30 minutos, o intervalo de atualização será honrado. O valor de atualização mínimo é 30 segundos.
  • As camadas KML não podem ser utilizadas como um mapa base.
  • Você não pode configurar a faixa de visibilidade para camadas de KML no Map Viewer Classic. A faixa de visibilidade está disponivel para camadas de KML no Map Viewer.
  • As camadas de KML não podem ser reordenadas no conteúdo do mapa.
  • As camadas de KML internas não têm suporte.
  • A configuração de pop-ups não é suportada em camadas de KML. Quaisquer dados de feições na camada são automaticamente exibidos em pop-ups; não é possível configurar ou desativá-los.
  • Estilos embutidos não são suportados ao exibir pop-ups em camadas de KML.
  • As camadas de KML maiores que 10 MB não podem ser adicionadas nos mapas.